Imprimir  Adicionar ao favoritos

2009 - Comemorou-se o Centenário da Beatificação de Joana d Arc
   
 
A Donzela | Paixão | Missão | Imagens | Julgamento | Percurso | 
 
Chamo-me “Jeanne a Donzela”

Joana d'Arc nasceu em Domrémy, região da Loraine (França) em 1412, sendo uma dos cinco filhos de Jacques d'Arc e Isabelle Romée. Era então chamada de Jeannette, diminutivo de Jeanne.

Como era normal na época, Joana ajuda nos trabalhos de casa e nos do campo, nomeadamente com o gado.  
 
Não sabia ler nem escrever. Crente e séria, Joana era uma criança como as outras: brincava, cantava, dançava, sorria e chorava. Até ao fim foi uma pessoa emotiva e ponderada.

 

 

Como os outros habitantes do campo, ouve falar do estado calamitoso em que se encontra o reinado, sabe da dureza da ocupação pelos ingleses, os avisos das sirenes quando os inimigos se aproximam… a procura do refúgio mais próximo… Nessa altura a França está dividida em três: Armagnac - França livre; Bourguignons e Ingleses. Os Bourguignons são aliados dos Ingleses. Domrémy está sob o domínio dos invasores, portanto não faz parte da dita França livre.

É mais ou menos aos treze anos de idade que Joana d'Arc ouve uma voz (que ela dirá mais tarde ser a de S. Miguel) que lhe fala da desgraça que há em França e a incentiva a ir em ajuda ao Rei de França, Carlos VII. Este apelo irá ser repetido mais duas ou três vezes nessa semana. Joana mantém segredo e responde fazendo voto de virgindade, sinal de consagração a Deus, e de seguida nomeia-se de "A Donzela". Ela dirá mais tarde: "A voz dizia-me que iria a França e que eu não podia demorar mais onde estava, a voz dizia-me que eu levantaria o cerco à cidade de Orléans. 

A voz também me disse que fosse ter com Robert de Baudricourt na fortaleza de Vaucouleurs pois ele me daria pessoas para me acompanharem."

São Miguel, Santa Catarina e Santa Margarida, serão então uma companhia regular de Joana d'Arc.

Com o pretexto de ir ajudar uma prima, em Maio de 1428, Joana vai ter com Baudricourt e é repelida!
Ela volta seis meses mais tarde e diz ao capitão Baudricourt o seguinte: "Você não ouviu dizer que foi profetizado que a França seria perdida por uma mulher e restaurada por uma virgem da zona de Loraine?".
Vencido pela obstinação de Joana o capitão dá-lhe uma escolta para a acompanhar a Chinon onde se encontra o Rei. Dois homens oferecem-se para a acompanhar e o grupo completa-se com um mensageiro real.

Os habitantes de Vaucouleurs aderem à causa e oferecem a Joana um cavalo e roupa de homem para que ela possa cavalgar. O grupo parte a 13 de Fevereiro de 1429, Joana tem então 17 anos.

.........................................

 


A casa onde Joana d'Arc nasceu e o Centro de Interpretação "Visages de Jehanne" anexo, em Domremy, recebem excursões de visitantes diariamente.

 

 
 
 
Links

 

 

 
 
 
 
 
 
 
Web-site processado por SULEMPRESAS.COM